PONENCIA

DOCUMENTOS

O MECANISMO DE AUTO-SABOTAGEM E A SUA EXPRESSÃO NA MENTE E NO CORPO DO PACIENTE

Jaime Ferreira da Silva
CBT.
APAB - Associação Portuguesa de Análise Bioenergética

Presentación
(pdf 298 KB)
O processo psicoterapêutico fundamenta-se numa queixa e, consequentemente, num desejo de mudança (muitas vezes difuso) por parte do cliente.
À medida que a possibilidade de mudança começa a ser percebida pelo cliente de uma forma mais precisa e focalizada, a energia associada ao desejo de mudança é, muitas vezes, refreada com o medo de trocar o que é conhecido (e gerador de desconforto), pelo que é desconhecido (e, em princípio, gerador de mais conforto e prazer).
Preso nesse dilema, o cliente trava uma luta interna com o seu sabotador interno, que o impele a manter-se onde está, adiando sine die a mudança desejada.
O mecanismo de auto-sabotagem exprime-se cognitiva e corporalmente, gerando uma tónica emocional que oscila entre o medo (de mudar) e a raiva (de não ser capaz de o fazer).
Através de alguns casos clínicos, o autor apresentará um fio condutor entre as cognições de auto-sabotagem e a sua expressão corporal e de como o corpo do paciente poderá fornecer insights sobre o processo de auto-sabotage

(subir)