PONENCIA

DOCUMENTOS

O "CORPO RELACIONAL" É O OBJECTO TRANSICIONAL DE CONHECIMENTO

José Luís da Costa M. Gomes
CBT - Supervisor
APAB - Associação Portuguesa de Análise Bioenergética
Texto
(pdf 71 KB)
Nesta comunicação pretendo analisar e reflectir que o conceito de "Corpo Relacional" é a base de qualquer conhecimento interior e exterior. Do trabalho experiencial com crianças psicóticas, e das teorizações e reflexões clínico-psicoterapêuticas com crianças, nomeadamente psicóticas e autistas, pretendo demonstrar que o corpo, antes de ser Bioenergético, foi psicanalítico, e que o corpo foi um grande "objecto" intermediário relacional, de conhecimento interior e exterior. A Psicose infantil demonstra que o corpo é o melhor instrumento de relação terapêutica, e um "objecto transacional" de conhecimento. O trabalho terapêutico na psicose infantil confirma a nova teorização dos "neurónios-espelho", e é a melhor demonstração que o conhecimento, como prolongamento das pulsões epistemofílicas, são a consequência directa duma "relação suficientemente boa" materna, ou "outra", talvez resiliente.

(subir)